Virgindade – jovens que escolhem esperar pelo casamento

Sexo fora do casamento, você concorda? Calma. Vamos perguntar diferente: adultério, você concorda? E sexo antes do casamento?

Talvez, você tenha estranhado essas perguntas por aqui. Mas, provavelmente, não estranharia em outros lugares. Afinal, na sociedade, atual falar sobre esses temas não é novidade, pelo contrário, é bem comum. Infelizmente, na maioria das vezes, sem coerência com os padrões bíblicos.

Por isso, o conceito de sexualidade saudável precisa ser restaurado. O sexo não deve ser demonizado e nem endeusado. Deus não instituiu o sexo como algo ruim e nem como algo a ser buscado acima de qualquer coisa. Ele estabeleceu o sexo como fruto de um relacionamento saudável, quando dentro de alguns parâmetros. Faz parte da vida do casal, expressando a complementariedade e unidade proposta por Deus.

Em toda a Bíblia, a Palavra de Deus é clara: o relacionamento sexual deve ocorrer apenas dentro do casamento. Portanto, acontecer fora do matrimônio está fora do projeto de Deus para a humanidade. Daí as escrituras condenarem a fornicação[i] (nome dado ao sexo antes do casamento) e o adultério (relações sexuais com alguém que não seja o cônjuge), assim como outros comportamentos imorais relacionados à sexualidade.

Provavelmente, muitos dos jovens que leem esse artigo já tenham ouvido orientações a respeito da proibição bíblica para o sexo antes do casamento e palavras do tipo “Deus está vendo”. De fato, são informações verídicas, mas a principal é entenderem o imenso amor de Deus por eles e como viverem de maneira a agradá-lo. É necessário enxergar na castidade um chamado a confiar em Deus antes de tudo[ii].

De olho na Palavra, encontramos: “O que Deus quer de vocês é isto: que sejam completamente dedicados a ele e que fiquem livres da imoralidade” – I Tessalonicenses 4:3-5 NTLH

Decidir esperar pelo casamento é uma escolha consciente, resultado de um relacionamento íntimo com Deus. É necessário esforço, empenho, perseverança. Na prática, significa manter uma vida próxima de Deus pela leitura, meditação e aplicação da Palavra, assim como o distanciamento de toda situação que possa levar à imoralidade.

Quando entendemos que Deus tem planos melhores do que os nossos e vivemos de acordo com a vontade de Dele, respeitando o tempo certo das coisas acontecerem, temos a verdadeira paz e felicidade.


[i] Conforme Gary Collins (livro Aconselhamento Cristão), só no Novo Testamento, a palavra “fornicação” (porneia) ocorre trinta e nove vezes.

[ii] Fonte: Bíblia Conselheira, Sociedade Bíblica do Brasil, estudo Sabedoria na Sexualidade, p. 445.

, , , ,
Post anterior
Planos para o futuro pós pandemia
Próximo post
Casamento perfeito existe?

Posts Relacionados

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X