Pare pra pensar um segundinho só: o que te une a alguém? O que te faz parecido com ele? O que te faz igual a ela? Destas perguntas podem surgir várias respostas. Algumas têm uma linha mais emocional, outras mais objetivas, outras ainda, espirituais.

Portanto, para tentar direcionar um pouco sua meditação sobre o assunto, coloco diante de você o texto de João 17:22-23. Se liga no que o próprio Jesus diz… na verdade preste atenção em Sua oração: Pai… “eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um. Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim”. Sejam UM! UM uns com os outros… UM com Cristo… UM com Cristo e com o Pai… UM!

De fato, respondendo as perguntas iniciais, por um olhar espiritual, o que nos faz parecidos, iguais… o que nos faz UM é o amor do Pai, a comunhão gerada em nós pelo Espírito Santo e graça definitiva revelada em Cristo!

Menos de um milímetro de espessura é o que nos faz perceber que a cor externa não é nada! Uma pequena mudança em um gene, uma pequena diferença em uma conexão de nosso DNA pode nos tornar diferentes uns dos outros… raças, cores, texturas, tamanhos… mas isso não é nada! O que importa não é o que nos torna diferentes. O que importa é o que nos torna IGUAIS! UM!

Por isso, a constatação de João é tão incrível: “…olhei, [e vi] uma grande multidão que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, de pé, diante do trono e do Cordeiro…” (Apocalipse 7:9). Uma grande multidão, de todas as raças, cores, texturas, tamanhos… todos diferentes, todos indivíduos, todos (talvez) desconhecidos entre si, mas UNIDOS por causa (pela graça, pelo amor, pelo sangue derramado) do CORDEIRO!

Entenda isso e você nunca mais será arrogante por ter algo, ou por ser em alguma coisa, diferente de outra pessoa!

, , , , , ,
Post anterior
Jugo desigual é coisa do passado?
Próximo post
O dom do celibato

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X