Tão conceitual!

Se tem uma palavra que é muito usada ultimamente, essa palavra é “conceito” e suas derivações, como “conceitual”. Estamos atrás de fotos conceito, de momentos conceituais e, na verdade, ninguém sabe definir ao certo o que isso quer dizer, mas a gente ama usar, vestir e falar coisas que sejam super conceituais.

No meio de tantos conceitos, alguns acabam se perdendo e se tornando conceituais apenas, ao invés de serem reais. Um dos problemas que a gente enfrenta com a religiosidade nos dias de hoje é que muitas das coisas que deveriam ser as mais importantes dentro da igreja, acabam se tornando as mais opacas. O evangelho, as boas novas, o amor furioso de Deus, sua salvação, tudo o que deveria ser pregado e vivido por nós, acaba por virar apenas um dos conceitos do cotidiano e não uma das práticas.

Jesus, o Filho do Homem, o cordeiro perfeito, o nosso salvador. Jesus se tornou conceitual, a gente gosta do significado, a gente gosta do conceito e transforma Jesus em algo, algo impalpável, algo que não é possível se aproximar, ninguém toca em um conceito, desapessoamos Jesus. Mas precisamos nos lembrar e lembrar ao mundo de que Jesus é uma pessoa, alguém com quem podemos ter um relacionamento real! Podemos senti-lo, sentir seu amor, sua presença, por mais que não o vejamos, isso não faz de Jesus menos real. Mas transformar uma pessoa em um conceito, faz com que a fé e a vida cristã de muitos se torne equivocada.

E qual foi a maior e mais incrível ação praticada por Jesus? Sua morte na cruz e sua ressurreição! Aqui temos mais uma coisa que conseguimos transformar num conceito. A salvação agora é apenas conceitual. É legal falar que somos salvos e perdoados, que temos nossa vida transformada. Mas não mudamos de vida, continuamos pecando sem que haja nenhum arrependimento, não há mudança de rota, e também vivemos condenando os outros por seus erros, nos esquecendo completamente que a graça chegou até nós através de Cristo, por meio de seu sacrifício na cruz. A salvação não deveria ser apenas conceitual, a salvação é uma experiência. É algo que escolhemos viver e vivenciar; aceitar a Cristo e deixar que ele habite nossa vida e nos transforme não é apenas um conceito!

Não quero que você acabe esse texto com raiva da palavra conceito. Existem muitos conceitos incríveis, conceitos aos quais vale a pena conhecer, vale a pena viver por eles. O problema é quando deixamos as coisas apenas na ilha do conceito, nos esquecendo de que precisamos colocar em prática, de que tantas coisas não foram feitas apenas para serem conceitos, mas para serem nossas filosofias de vida, nossa escolha diária, para serem provadas e abraçadas.

, , ,
Post anterior
INVESTIMENTO QUE COMPENSA!
Próximo post
Troque suas roupas velhas

Posts Relacionados

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X