Saudade do Coletivo? Qual?

Um dia desses, nas minhas andanças pelo Twitter, me deparei com o seguinte post de um jornalista de um grande canal por assinatura de esportes: “nesses tempos de confinamento e isolamento social, estou sentindo falta mesmo é de ficar sozinho”. Minha primeira reação foi de estranheza. Como assim? Olhei para o meu contexto e compreendi…
Menu
X