ÉTICA COMO MANIFESTAÇÃO DA SALVAÇÃO

Aprender Ética como um teoria científica que os homens praticam para viver melhor em sociedade, mas que também mostra um horizonte de esperança é muito melhor do que somente colocá-la como um monte de regras. As regras são importantes pois nos dão limites, desde que não nos oprimam, mas viver eticamente com esperança é melhor ainda.

A Bíblia é a inspiração para uma vivência social melhor. No Pentateuco temos vários “eventos” de promoção social (ano sábatico, Jubileu etc.), o que mostra um Deus preocupado com os desfavorecidos. O que dizer dos Salmos que dizem que Deus habita num trono de glória, mas cuida de viúvas e orfãos (Sl 68.5); sem falar dos profetas que anunciam bravamente em nome de Deus, o fim da opressão e a prática da justiça. Material este explorado abundantemente no Novo Testamento, na prática de Jesus e da Igreja primitiva.

Mas esta ética, esta justiça, nunca está deslocada de uma realidade espiritual, aliás, o salvo em Jesus manifesta entre muitas boas obras, uma ética que testemunha o Senhor, mas que precisa ao lado dessa ética proclamar a mensagem transformadora do Evangelho “arrependam-se, o reino dos céus está próximo!” (Mt 4:17)! E esse reino é vivenciado na prática do amor a Deus e ao próximo. Na prática da justiça social e na proclamação da palavra do Evangelho.

O homem é melhor, eticamente e socialmente, quando tem contato com Deus. O alto padrão dos códigos “sociais” e espirituais de Israel vinha de seu conhecimento de Deus. Mas isso não foi sempre uma prática adotada pelos israelitas, pois, em muitos episódios abandonaram a Deus, e isso manifestavam quando se fastavam da Lei do Senhor (do mandamento do Sábado, como nos informa os profetas e etc.) e também por praticarem várias injustiças. Ricos que não se importavam e nem partilhavam o que Deus lhes dava com os pobres. Isto devido o pecado.

Quando Israel voltava a Deus, então era ético! Pois devia espelhar o caráter desse Deus. O Deus que nos quer ver felizes, felicidade esta construída por aqueles que receberam a revelação de Deus. Embora todo ser humano por ser “imagem de Deus (Gn 1.26)”, tenha uma noção ética, com o conhecimento do Evangelho de Jesus, este se torna um portador de uma ética que sinaliza algo além de uma melhoria social, aqui e agora, que é importante, mas também mostrando o que disse o apóstolo Pedro, pelo Espírito “(…) nós aguardamos novos céus e nova terra, onde habita a justiça!” (NVI – 3:13). Onde haverá ética plena.

NA TRINDADE.

Post anterior
O JUSTO PELOS INJUSTOS
Próximo post
NEGUE-SE A SI MESMO

Posts Relacionados

No results found

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X