ENCERRADO NA PRISÃO… E AGORA, JOSÉ?

Nos artigos anteriores, acompanhamos a trajetória de José desde a sua venda como escravo até a trama feita pela mulher de Potifar o que o fez parar em uma prisão. Como será seu comportamento agora após tanta injustiça. “As situações difíceis pelas quais passamos podem ser bênçãos disfarçadas”

Somos comumente levados a murmurar diante do menor sofrimento, se somos contrariados, tendemos a nos aborrecer e até a fazer “uma tempestade num copo d’água”; com José não foi assim: ei-lo na prisão como um delinquente qualquer, acusado de assediar a mulher de seu senhor; novamente José é vítima de injúria.

E AGORA, JOSÉ?

Você foi condenado por um crime que não cometeu, é inocente e está na prisão? Não vai reclamar seus direitos e questionar o seu Deus?

E mais uma vez José nos surpreende!

Ao invés de delatar àquela que o difamou e desmascará-la, aceitou a situação e pelo bom comportamento se tornou chefe dos prisioneiros e auxiliar imediato do carcereiro (Gênesis 39:21-23).

Não seria a hora de fugir como o fez antes, afinal tinha as chaves da prisão em suas mãos, mas José era íntegro e sabia que onde estivesse e qualquer que fosse a posição que ocupasse, o seu Deus estaria com ele (Gênesis 39:3, 23).

Na prisão, José tem um encontro inusitado com dois servidores de Faraó que o ofenderam e foram parar na prisão; após interpretar seus sonhos, José lhes conta sua história e ao sair da cadeia pede ao chefe dos copeiros que se lembrasse do seu caso dele e intercedesse por ele (Gênesis 40:1-23).

Só depois de dois longos anos (Gênesis 41.1), aquele homem, despertado pelo sonho do Faraó, lembrou-se da promessa feita a José e o levou à presença dele e finalmente o plano do Senhor se cumpriu na vida do jovem hebreu em quem estava o Espírito de Deus (Gênesis 41.37-41).

Os caminhos de Deus são perfeitos” e se nos deixarmos levar por eles certamente seremos abençoados.

,
Post anterior
Quem não arrisca não petisca!
Próximo post
Ao cansado!

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X