Você já deve ter ouvido falar de Jesus, mas você sabe quem ele é?

Jesus não é um nome comum que encontramos em um amigo de escola ou do trabalho, mas o nome nos é familiar. Já ouvimos suas histórias. O menino na manjedoura lembrado a cada Natal, o mestre que revolucionou o mundo há dois mil anos, um profeta que fez milagres, aquele que morreu numa cruz em meio a dois ladrões.

Todas essas coisas falam um pouco sobre Jesus, mas não sei se alguma delas o define. Antes de continuar será que você entende a importância de saber quem é Jesus? Se não, provavelmente você desista desse texto aqui. Mas, se você continuou lendo, te convido a ir até o final, pois conhecer Jesus vai ajudar a te conhecer melhor, acredite!

Ele é o filho de Deus, enviado ao mundo para salvar e resgatar todo aquele que se identificar com Ele para uma nova vida. Como filho, Ele conhece o amor do Pai como ninguém. Como enviado, Ele cumpre a mais importante missão do universo. Como salvador, Ele faz o que eu e você não poderíamos fazer. Como resgatador, Ele paga o preço que nunca ninguém quis pagar. Quando Ele oferece identificação, Ele nos deixa um privilégio e um desafio: é possível se parecer com Ele e se encontrar de verdade.

Se me identifico com Ele, entro no amor do Pai porque me torno filho amado. Se me identifico com Ele, decido participar da maior missão de todos os tempos e cumprir o meu papel nessa saga cósmica de um Deus que ama. Se me identifico, adquiro um senso de profunda gratidão, pois Ele me salva de tudo aquilo que eu mesmo não fui capaz. E também entendo que por melhor que eu venha a ser, não poderia pagar o preço de minha vida e, assim, só sou alguém de verdade quando me rendo ao filho enviado, salvador e resgatador e tudo começa de novo!

É verdade, você vai precisar mais do que esse texto para conhecê-lo. Mas aqui você tem um ponto de partida: família, missão de vida, gratidão e pés no chão. Você pode buscar se entender em sua profissão, nos seus prazeres e em tantas outras coisas que a vida oferece, mas só em Jesus a vida vai fazer sentido. Pense nisso e aproxime-se!

Post anterior
Perfume essencial
Próximo post
Páscoa é passagem, é lembrança

Posts Relacionados

No results found

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X