Riverdale – nem tudo é como parece

Anteriormente em Riverdale

E a partir do segundo, assim se inicia cada episódio da série cujo enredo em sua primeira temporada, resume-se a misteriosa morte de Jason Blossom, um garoto popular do ensino médio e membro da família mais poderosa da pequena e tranquila cidade de Riverdale.

Na tentativa de encontrar o assassino do adolescente, o mocinho da trama Archie Andrews juntamente com seus amigos Betty Cooper, Veronica Lodge e Jughead Jones desenterra muitos segredos na cidade, como famílias ricas obscuras, pessoas que fogem dos seus problemas, relacionamento entre aluno e professora, pressões relacionadas ao futuro, hormônios à flor da pele, amor não correspondido, manipulações, corrupção, traição, bulling e muito mais. É amigos, Riverdale não é o que parece! O que parece mesmo é que todos têm algo a esconder!

Não sei se você se identifica com algum personagem da série se sentindo o mocinho bonito, por quem as garotas ficam caidinhas ou, o estranho inteligente que ninguém leva a sério. Se sente como a menina autêntica, aquela que nem todos tem coragem de encarar ou,  pelo menos a boazinha que se preocupa com todos. O que eu sei é que o dia a dia desses personagens nos leva a olhar para os lados, pois assim como na trama nem tudo é como parece. A boa, meiga e inteligente menina pode ser a mesma com um coração vazio e sem expectativas, vivendo a frustração de uma família decadente que mantém uma aparência de família feliz.

O fato é que amigos nossos podem estar sorrindo ao nosso lado e chorando em seus quartos, escondidos em seus próprios mundos, alguns podem ser os próximos na estatística de suicídios ou drogas. De repente, olhamos e nos sorrir o depressivo, cuja tristeza está encoberta pelo fingimento de uma vida florida. A menina introvertida esconde os abusos sofridos na infância e alimenta a raiva de si mesma, sentindo nojo de sua pele.  O adolescente rebelde, com ar de superioridade sofre a carência da ausência do pai ou mãe ou mesmo os maus tratos por parte daqueles que deveriam o amar incondicionalmente.

Como em Riverdale, há quem não queira que esses segredos sejam revelados e tratados. O inimigo maior de nossas vidas,  satanás, a quem muitos temem, assim como temem o senhor Lodge, aproveita-se de momentos de fragilidade para tentar manipular as mentes e fazer acreditar que não há solução.

Porém, é chegado o momento de pedirmos licença e entrarmos nas vidas das pessoas de maneira profunda e com o melhor que temos, o Senhor Jesus! É tempo de fazermos a diferença e apresentarmos a verdadeira esperança de uma vida restaurada, definitivamente perfeita e feliz que somente Cristo pode dar. E se é você, lendo esse texto como tantos outros, que vive como os personagens da série, fingindo dia após dia ser o que não, acreditando que no final das contas tudo termina como Jason Blossom, não sinto e em dizer que você esta enganado. Deus é o Senhor da existência e tem planos maiores pra sua vida como afirma em Jeremias 29:11: “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para você, diz o Senhor dos Exércitos, planos de fazê-lo prosperar e não causar danos, planos de dar esperança e um futuro”.

, , ,
Post anterior
Os 13 Porquês – Uma Missão
Próximo post
The 100 – o Apocalipse será real!

Posts Relacionados

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X