House of Cards – casa à prova de ventos

A internet tem mesmo de tudo um pouco. Melhor: de tudo um muito. Porque pouco não existe no internetês. Tempo desses, soube do wikiHow, um site que tem como objetivo criar com a ajuda de todo mundo o maior manual do mundo, com dicas pra ajudar você a fazer de tudo, das coisas mais simples às mais difíceis. Quer fazer uma casa de cartas, mas não sabe como? Pasme: esse site ensina como, em apenas oito passos. Que ver pra crer? Então entra no site e veja agora mesmo.

Mas quer saber? Quem manja mesmo de casa de cartas não é nem esse site. É o casal Frank (Kevin Spacey) e Claire (Robin Wright) da série “House of Cards”, que terá sua sexta e última temporada exibida em novembro na Netflix. O Frank é de fato um mestre nessa arte de edificar casa de cartas, mas não a edifica sozinho. Além da ajuda da sua mulher, padrão Tio Sam, isto é, loira e esguia, conta também com a ajuda de amigos e aliados que sempre lhe trazem novas cartas de novas fontes.

E assim, de carta em carta, o Frank vai vendo a sua casa de cartas dos seus sonhos ganhar corpo e forma. De longe, a casa dele é igual a de todo mundo. Mas apenas de longe. De perto, vemos o quanto é frágil. É duas vezes frágil. É frágil porque é feita de cartas. É frágil porque é feita de cartas marcadas, marcadas pela mentira, violência, suborno, chantagem, armação, egoísmo, conchavo, vingança, hipocrisia, loucura, vaidade, cinismo, calúnia.

E o Frank sabia dos riscos que corria ao construir uma casa assim. Aliás, ele sabia isso pela proprpr Bíblia, o livro que ensina como seguir Jesus. Até o vemos com uma nas mãos, em casa e na igreja, mas fato é que ele não dá bola pra Jesus e nem pro ensino dele. Chega a cuspir numa imagem dele.

Alguém vai dizer que uma imagem não passa de uma imagem. E não passa mesmo, como está dito em certo Salmo da Bíblia. Mas ao cuspir na imagem de Jesus, o Frank queria mesmo era cuspir no próprio Jesus.

O Frank sabe de Jesus, mas não vive de acordo com o seu ensino. E é por essa razão que a casa dele é tão frágil. Não tem nada de Jesus nela. Nada mesmo. Na hora que o vento soprou com força contra a casa dele, grande foi a sua ruina. Não ficou carta sobre carta. E não foi só a casa de Frank que caiu não. A casa de quem deu vida a ele também caiu. Tanto que não aparecerá mais na última temporada.

Quais lições você pode aprender com House of Cards? Se googlar a série, verá um monte. Mas tem uma, que não está no Google, que dou o maior valor. Sabe qual? Essa aqui: casa de cartas não é à prova de vento. Diante disso, não perca mais o tempo de vida que lhe resta para edificar casa de papel, nem pra você nem pra ninguém. Ela não vale a pena. No lugar de construir uma “house of cards”, casa de cartas, construa uma “house of rocks”, uma casa de rochas.

Apenas a casa de rochas, isto é, a casa de quem ouve e prática as palavra de Jesus é à prova de vento! E quem diz isso é o próprio Jesus, em certo lugar da Bíblia: “quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha”.

Menu
X