Ano novo, vida Nova!

O final de ano chega a nossa porta com toda a velocidade. As propagandas, as luzes, as cores, as musiquinhas, tudo é um forte indicativo. Quando eu era mais novo (bem mais novo talvez), a música que marcava este momento era “adeus ano velho, feliz ano novo, que tudo se realize no ano que vai nascer, muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender”. Ela ressoava em nossa boca e ouvidos. Olhando para ela agora penso que não há problema em cantar, ou desejar “muito dinheiro no bolso e saúde pra dar e vender”, não há mesmo problema com isso. O perigo é pedir  isso. O problema é fazer planos que  envolvam mudanças ou melhorias materiais e egoístas. “Este ano eu emagreço, este eu vou estudar mais, este ano vou mudar de emprego, vou comprar meu carro ou minha moto”. São estas as “promessas” que o mundo faz. São estas as que você tem feito? Se sua resposta for não, amém, mas se sua resposta for sim, preste atenção no que diz Paulo aos cristãos de Éfeso:   Sim, você deve ser uma pessoa nova e diferente, santa e boa. Se vista desta nova natureza. Deixem de mentir uns aos outros; falem a verdade, pois somos membros uns dos outros e quando mentimos uns aos outros estamos fazendo mal a nós mesmos. Quando estiverem irados, não pequem alimentando seu próprio rancor. Não deixem que o sol se ponha com vocês ainda irados – resolvam isso logo; porque quando vocês estão irados oferecem um fortíssimo ponto de apoio ao diabo. Se alguém anda roubando deve parar com isso e começar a utilizar suas mãos para fazer trabalho honesto, a fim de poder dar a outros que estejam necessitados. Evitem a boca suja. Digam só o que é bom e útil àqueles com quem vocês estiverem falando, e o que resulte em bênção para eles. Não façam o Espírito Santo entristecer-se pelo modo como vocês vivem. Se lembrem que é Ele quem garante que vocês estarão presentes naquele dia quando a salvação do pecado se completar. Deixem de ser mesquinhos, irritados e mal-humorados. As contendas, as palavras ásperas e a antipatia pelos outros não devem ter lugar na vida de vocês. Em vez disso, sejam bondosos uns para com os outros, compassivos, se perdoando mutuamente, tal como Deus os perdoou por vocês pertencerem a Cristo Efésios 4:24-32. Note que Paulo começa dizendo “SIM, seja diferente. Vista-se de uma nova natureza”, no entanto muito de nós paramos no inicio do conselho, não atentamos para o restante. Ao continuar a leitura vemos que o desejo de Paulo para aquela igreja (e pra nós hoje) era (e é) uma vida Nova!!! Uma vida transformada, não só no pensamento e no coração, mas também nas ações. Uma vida que se apoie na palavra e no exemplo de Cristo. Pois é, Ele quer um amor sincero e total. No texto, Paulo nos convoca a deixarmos de mentir, de roubar, de ser melindroso – tudo te faz mal, qualquer palavra te machuca – deixe de frescura irmão, para com isso é o que orienta Paulo. Ele nos encoraja a mudar nossa maneira de falar; ele nos convida a alegrar o Espírito Santo de Deus; ele nos orienta a doar e nos doar, materialmente e emocionalmente. Ele quer que ao abraçar seu irmão na revelação do Amigo Secreto, suas palavras e seu abraço sejam verdadeiros. Não seja um cristão Bamerindus (essa é velha também – veja no Google), “o tempo passa, o tempo voa…” e você “…continua numa boa”. Nada muda, nada melhora, nada cresce. A Palavra nos orienta “…crescei na graça e no conhecimento de Cristo Jesus”, então, façamos isso. O “conhecimento de Cristo Jesus” é expresso claramente nestas orientações deixadas por Paulo. Vamos irmãos, avancemos para uma ano novo com um Vida Nova. Mudados em tudo o que for ruim e crescendo em tudo o que for bom. Deus nos convida a sermos diferentes do mundo em ação e em coração, portanto abra seu coração para o novo e entregue-se a um abraço gostoso e verdadeiro. Deseje um ano de bênçãos aos seus irmão em Cristo e alegre-se pela vida e saúde que o Senhor Jesus, “o bom Pastor”, lhe dá! Já já diremos “Feliz ANO NOVO”, mas quero te convidar a dizer também “feliz VIDA NOVA!”.

, ,
Post anterior
iDaí? Por que realizar o lava-pés?
Próximo post
Descanse em Deus

Posts Relacionados

1 Comentário. Deixe novo

Ótima reflexão, Tom. Este texto é um ótimo incentivo para buscar mudanças para o ano novo, para viver melhor, sendo diferente.
Sobre o “cristão Bamerindus” – simplesmente me rachei de rir com a expressão, fez-me sentir velho também, pelo fato do banco ter se tornado uma eminência parda.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X