2018, o ano da…

Esse ano já chegou e carrega em si muitas expectativas. Todos os anos são assim, não é mesmo? Quando terminam as festas e começa janeiro, sonhos e planos são reafirmados, projetos se renovam e esperanças renascem na tentativa de fazer diferente do que foi o ano anterior. É um ciclo conhecido pela maioria de nós. Para alguns parece que dá super certo, para outros é somente a empolgação da virada sem qualquer efeito prático na vida diária.

Mas, reafirmo 2018 carrega expectativas singulares, se não vejamos:

  • 2018, o ano do Hexa! – A seleção do Tite chegará a Rússia como uma das favoritas, como sempre, mas com reais chances como não acontece a algumas copas. O esporte preferido da nação terá um ano para comemorar ou será mais um ano para esquecer? Não sendo nada como aquele 7X1, a gente supera e bola pra frente!
  • 2018, o ano do recomeço para o Brasil! – Temos eleições presidenciais em outubro. Depois de um ciclo consideravelmente conturbado, com uma crise das piores, se não a pior, que o país já enfrentou. Corrupção, velha política e polarizações vão aparecer com força nessas eleições. Também teremos aventureiros, pretensos messias criados pelo vácuo do fim das lideranças até então estabelecidas. Será que no meio disso tudo, o Brasil vai saber votar e encontrar um recomeço para mudar definitivamente ou teremos mais do mesmo?
  • 2018, o ano da missão! – No nosso contexto ministerial, teremos 3 viagens para campos missionários (Argentina, Peru e Bolívia) com um grupo de jovens dispostos a colocar a mão na massa e fazer diferença, além do que teremos o Congresso de Missões em novembro junto com a Assembleia Geral. Será que a ideia e a proposta de avançarmos em sermos uma igreja avivada em missão encontra sua forma?

São muitas possibilidades para definir o ano de 2018. E para você, o que ele será? O ano da virada financeira? O ano do casamento? O ano da entrada na faculdade? O ano para se aproximar mais de Deus? O ano da mudança de hábitos que tem te feito mal? Qual será a definição do seu 2018?

Enfim, o ano pode ser tudo isso, já imaginou? Ou pode não ser nada disso por vários motivos. O que proponho para sua reflexão e oração é que o protagonista do seu novo ano seja Jesus. Que sua vida, seus planos, os sonhos realizados e mesmo as frustrações ao longo dos meses, todos eles, de alguma forma possam direcioná-lo para que tudo possa glorificar a Deus.

Se a seleção não for hexa, que sejamos campeões para nossas famílias. Se o Brasil não mudar para melhor, que possamos servir o mundo com amor e levando a luz de Cristo. Se alguns negligenciarem o papel missionário da igreja, que possamos, cada um de nós, em nossos ministérios cumprir a missão de Deus. Que 2018 possa ser lembrado como o ano que decidimos glorificar a Deus em gestos, palavras, atitudes, planos e sonhos.

Vamos lá, então, afinal está só começando, mas se a gente não tiver determinação e foco daqui a pouco acaba e a gente vai deixar passar mais uma oportunidade. Feliz 2018!

, , , , ,
Post anterior
Troque suas roupas velhas
Próximo post
Gratidão

Posts Relacionados

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu
X